Usuário:  Senha:  
 
  home / associados / premiações / dicionário / quem somos / associe-se / legislação / fale conosco   
 
 
 
Notícias / Suco de uva contra o envelhecimento e o câncer

Dados Estatísticos

Produção de Uvas

Comercialização de Vinhos
e Derivados

Importação de Vinhos e
Espumantes

Sites Interessantes

Associação Brasileira
 de Enologia


CEFET

Embrapa Uva e Vinho

Ministério do
Desenvolvimento

CONAB

Receita Federal

Ministério da Agricultura,
 Pecuária e Abastecimento

O. I. V. V.

Wines From Brazil

Pesquisa desenvolvida por aluna do Mestrado em Biotecnologia comprova ação antioxidante e antimutagênica dos sucos de uva.

Você já deve estar cansado de ouvir falar que vinho em doses moderadas faz bem à saúde. O que ainda não havia sido dito é que os efeitos benéficos da bebida também são encontrados nos sucos de uva. Foi o que Caroline Dani comprovou na dissertação de Mestrado em Biotecnologia, defendida em junho na UCS: os sucos de uva tintos, brancos e roses produzem ações antioxidantes e antimutagênicas.

Os efeitos são produzidos pelos polifenóis, compostos encontrados na casca da uva, que inibem o envelhecimento precoce e a proliferação de células cancerosas. A descoberta foi feita após um ao e sete meses de pesquisa. Nesse período, Caroline fez a avaliação nutricional antioxidante e antimulagência de nove tipos de sucos tintos, brancos e rosés.

A ação antioxidante da uva já era conhecida em vinhos, especialmente nos tintos. A novidade consiste em atribuí-la à ação dos compostos fenólicos totais. As substâncias funcionam como sistema imunológico das videiras. “São metabólitos secundários, produzidos em algumas situações, como o excesso de umidade” exemplifica.

Até hoje, o que se sabia era que o álcool dos vinhos funcionava como solvente na extração do resveratrol da casca. Contudo, por ser uma bebida não fermentada e não alcoólica, o suco não pode ficar muito tempo em contato com a casca, dificultando a extração do resveratrol. Mesmo assim, a estudante verificou quantidade elevada da substância nos sucos tintos orgânicos, que possuem 0,22 partes de milhão (ppm) de resveratrol contra 0,008 dos comerciais. Já na produção dos sucos brancos, sem contato da casca, a quantidade de resveratrol é inferior. “Na comparação dos sucos comerciais, os tintos possuem três vezes mais polifenóis que os brancos, entretanto todos apresentam atividade antioxidante”.

Fidelidade nos resultados

Durante o mestrado, Caroline mediu a quantidade de polifenóis, testando a capacidade antioxidante e antimutagênica de cada um dos sucos, por meio de testes in vitro. Ou seja, a pesquisadora desenvolveu modelos com a levedura Saccharomyces cerevisiae, que dá fidelidade ao estudo por ser muito semelhante às células humanas. “Isolamos a levedura em um meio no qual não cresceria e estimulamos a alteração genética por meio de um agente mutagênico. Com isso conseguimos provar que os nove sucos conseguem impedir a mutação”, explica. Em agosto, Caroline iniciou o Doutorado em Biotecnologia, onde pretende comparar grupos de cobaias (ratos): de um lado, os que serão alimentados duas vezes por dia durante 30 dias com sucos de uva e, de outro, os que irão beber apenas água. No trigésimo dia, os animais serão analisados.

*****************************************

Resveratrol diminui chances de obstrução de vasos

A ação antioxidante do resveratrol, já foi comprovada cientificamente. A substância é capaz de inibir a oxidação do LDL, o colesterol ruim. Quando oxidada, essa molécula nociva tem ainda mais facilidade para se depositar nas artérias até obstruí-las, provocando um infarto ou derrame.

Polifenóis: encontrados em diversas formas na natureza, são parte integrante do flavonóides e possuem grande poder de neutralizar as moléculas de radicais livres. São consideradas substâncias antioxidantes

Resveratrol: um dos mais potentes oxidantes, o resveratrol é uma espécie de antibiótico natural, produzido como parte de defesa das plantas, geralmente na época das chuvas. O resveratrol é encontrado em uma película junto à casca dos grãos da uva.

Fonte: Jornal da UCS – agosto/setembro 2006

 
     
  [ by Alvo Global - Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados ]