Usuário:  Senha:  
 
  home / associados / premiações / dicionário / quem somos / associe-se / legislação / fale conosco   
 
 
 
Notícias / As novas safras da Salton

Dados Estatísticos
Produção de Uvas
Comercialização de Vinhos
e Derivados
Importação de Vinhos e
Espumantes

Sites Interessantes
Embrapa Uva e Vinho
CEFET
Ministério do
Desenvolvimento
CONAB
Receita Federal
Ministério da Agricultura,
 Pecuária e Abastecimento
Organização Internacional
 da Uva e do Vinho

Consórcio de Exportação
Associação Brasileira
 de Enologia


A Salton apresenta ao mercado os vinhos das últimas safras, na linha Classic: Riesling 2005, Gerwstraminer 2005, Sauvignon Blanc 2005 e da linha Volpi: Cabernet Sauvignon 2004, Chardonnay 2004 e Sauvignon Blanc 2005. Mas a grande surpresa é o Salton Volpi Merlot 2003, que segundo Lucindo Copat, diretor Técnico da empresa, é um vinho muito complexo e estruturado, que promete ser um dos melhores da Vinícola.

Os lançamentos da Salton estão dentro dos padrões de qualidade exigidos, porém a Salton busca mais do que qualidade padronizada, preocupa-se em satisfazer o cliente em todos os seus âmbitos. Quando o consumidor se dirige à compra ele quer algo que esteja além da qualidade, um produto que em um primeiro momento vá ao encontro com suas necessidades físicas e posteriormente se identifique com seu contexto psicológico. Assim o vinho tem que ser adaptado ao paladar do brasileiro e ao mesmo tempo inserido na cultura.

A vitivinicultura brasileira é recente comparada à tradição européia, porém evoluiu de maneira extraordinária na última década, e produz hoje vinhos de ótima qualidade. O marco desta evolução esta sendo a safra 2005, uma safra de destaque que já pode ser apreciada nos brancos que estão sendo comercializados e nos tintos que estão em maturação. A qualidade destes vinhos, foi comprovada na Avaliação Nacional da safra 2005, evento realizado dia 24 de setembro, no qual a Salton recebeu a nota mais alta dentro das 15 amostras selecionados, foram 90 pontos para o Cabernet Sauvignon.

A Salton mostra ao consumidor nestes lançamentos o resultado dos investimentos em tecnologia, da sua tradição em vitivinicultura, do profissionalismo de sua equipe, e segundo Lucindo Copat, o mais importante, o resultado da safra que em virtude do clima rendeu bons frutos.

Antônio Salton, Diretor Superintendente, acredita que partindo do princípio que assim como a vinha tem seu ciclo evolutivo e demora cerca de quatro anos, dependendo do seu método de condução, para atingir sua plena produção, a introdução do vinho em uma cultura também tem seu tempo de adaptação. “Estamos colhendo os frutos do árduo trabalho iniciado pelos nossos antepassados e aprimorado pelas novas gerações. O consumo de vinhos no Brasil esta em evolução, e a cada nova safra, percebemos a aceitação do brasileiro a esta bebida, que sem perder o seu charme, esta se tornando cada vez mais popular”, conclui Salton.

 
     
  [ by Alvo Global - Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados ]